VAIDADE: é o desejo de atrair a atenção e admiração das outras pessoas

A vaidade, sorrateiramente, está quase sempre presente dentro de nós. Como o que diferencia o remédio do veneno é a dose, a vaidade, em grau moderado, leva o sujeito a buscar melhoria e aperfeiçoamento de si mesmo. Porém, em grau elevado, ele se auto-valoriza e se torna amante de si mesmo, numa necessidade de admiração pelos outros.

Decorrente do orgulho, este sentimento leva a pessoa a um esforço em realçar dotes físicos, culturais ou sociais com notória antipatia provocada aos demais. Este quadro reflete, quase sempre, uma deformação de colocação do indivíduo, que, sem perceber, vive desempenhando um personagem que escolheu.

Em sua dose mais elevada, a vaidade pode conduzir a bloqueios de sentimento e desencadear dificuldades na capacidade de se auto-analisar, não aceitando suas possíveis falhas ou erros, culpando a sorte, a infelicidade ou o azar.

vaidade

0 comentátios

Deixe um comentário

Quer juntar-se a discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.