Posts

Membro efetivo da ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE CIÊNCIAS FORENSES

🥇É com imensa alegria e orgulho que anuncio minha aprovação pela Direção da ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE CIÊNCIAS FORENSES, passando a integrar o corpo de associados efetivos pelos seguintes quesitos:

Profissionais, nacionais ou estrangeiros, de reconhecido mérito no âmbito das Ciências Forenses ou afins, ou que a elas tenham dado particular contributo, sempre que reconhecidos pela própria Direção da APCF;

Pessoas públicas que pelo seu fim estatutário e pelas suas competências técnico-científicas demonstrem poder colaborar de forma relevante para as atividades da APCF, sempre que reconhecidos pela própria Direção da APCF.

Perfil Psicopata na escrita

Perfil Psicopata na escrita

A psicopatia é um distúrbio mental que se apresenta pelo desrespeito a leis, costumes sociais e direitos dos outros, falta de remorso ou culpa e tendência para mostrar comportamento violento.

O psicopata pode parecer normal e até mesmo ser encantador, mas lhe falta consciência e empatia, o que o torna manipulador, volátil e algumas vezes criminoso. Sendo frio, calculista e insensível, é capaz de passar por cima de qualquer pessoa apenas para satisfazer seus próprios interesses.

Trata-se de um ser inescrupuloso, transgressor de regras sociais e absolutamente livre de constrangimentos ou julgamentos morais internos.

Conhece regras e leis, e se comporta de acordo com elas, desde que não atrapalhem seus planos. Como numa imitação social, ele se reveste numa atitude artificial, dando falsa aparência de cortesia, bondade e aceitação.

Seu narcisismo natural revela uma aparência perfeita, onde não há erros nem arrependimentos, e, portanto, prevalece a intolerância a críticas. Tal sentimento de superioridade é, na verdade, uma defesa do ego para compensar seu sentimento de inferioridade.

Existem diversas formas de se perceber o comportamento psicopata. Além das citadas acima, podemos elencar boa lábia, ego inflado, mentiras patológicas, sede por adrenalina, reações explosivas, comportamento antissocial, irresponsabilidade e má conduta na infância.

Na escrita, tal perfil se revela sob formas gráficas preestabelecidas como modelo tipográfico ou padrões caligráficos, uma vez que são representativos do que é socialmente aceitável.

Quanto mais impessoal, elaborada ou estilizada for a escrita, maior a fachada e mais impenetrável ela será. Quanto mais fechada e dura, maior o isolamento entre o íntimo e o social.

EXEMPLO

Um princípio fundamental no estudo da escrita de uma pessoa é a regularidade dos seus elementos gráficos. Os movimentos gráficos, como quaisquer outros movimentos nossos, dificilmente se repetem de modo igual uns aos outros.

Quando escrevemos, produzimos sinais gráficos que estão profundamente interligados à nossa personalidade. E qualquer perturbação em nosso comportamento produz alterações na escrita.

Encontrar pequenas variações nos traços é perfeitamente normal, visto que todos nós apresentamos pequenas alterações no comportamento do dia-a-dia, que podem ser resultado de diversos fatores como, por exemplo, uma noite mal dormida, fome, cansaço, alguma dor ou desconforto, etc.

Porém, existem pessoas que, apesar das alterações, exercem sobre si um controle para regular seus atos e não deixar que estas perturbações interfiram em sua atividade diária, ou que fiquem perceptíveis a outras pessoas. E somente uma natureza resistente, estável e persistente é capaz de produzir um comportamento regular.

Por outro lado, a falta de regularidade pode ser resultado de pouco controle sobre os impulsos, mas, em contrapartida, pode indicar vivacidade, paixão e versatilidade.

O grau de regularidade pode se apresentar de modo mais acentuado em determinadas pessoas e menos em outras. A escrita regular é aquela em que o escrevente se mantém constante em todo o ambiente gráfico, apresentando poucas ou quase nenhuma variação nos traços.

Um texto regular revela estabilidade, firmeza, auto-controle, equilíbrio, disciplina, previsibilidade, ordem, método, concentração, perseverança. Mas também revela intolerância, frieza, preconceito, rigidez, dificuldade de adaptação, inflexibilidade, escassa criatividade, monotonia.

Um texto extremamente regular, como este acima, pode indicar uma personalidade hermética, impenetrável e artificial, com tendência à afeto e sentimentos superficiais, beirando a obsessão.